Doença de Sever

doença

Doença de Sever

A doença de Sever é a inflamação de um ou de ambos os ossos do calcanhar. Ela está associada a lesões por causa de atividades com movimentos repetitivos. Essa doença atinge crianças e adolescentes, entre 8 a 16 anos, principalmente os que praticam esportes com impactos. Corridas e saltos pioram essa condição, dessa forma, a doença de Sever é comum em atletas de futebol e basquete. Os meninos sofrem mais dessa doença inflamatória no calcanhar.

Quais os fatores que causam a doença de Sever?

A prática de esportes com impactos, como saltos, corridas, futebol, basquete e dança facilitam o desenvolvimento da doença de Sever. Mas problemas ortopédicos como pé chato ou pé cavo, que proporcionam o encurtamento do tendão de Aquiles, também causam essa inflamação. Outro fator é o crescimento desordenado da criança, quando os ossos crescem mais rápido que os tendões e os músculos.

Do mesmo modo, utilizar sapatos inadequados é um fator para o desenvolvimento da doença de Sever. A falta de amortecimento dos calçados permite que o pé sofra com o impacto ao pisar no chão. Dessa forma, aumenta o impacto direto no calcanhar, facilitando o desenvolvimento da inflamação. Passar muito tempo em pé também é prejudicial, pois coloca pressão constante no calcanhar. O excesso de peso e a obesidade também colocam essa pressão sobre os calcanhares, causando a doença de Sever.

Quais os sintomas?

A maioria dos pacientes relata uma dor na borda do calcanhar, dificuldade ao pisar no chão e ao praticar atividades físicas. Entretanto, existem ainda outros sintomas:

Dor no calcanhar quando é feita a atividade física de alongamento.
Dor na calcanhar, em um lado ou em ambos os lados.
Vermelhidão.
Inchaço.
Rigidez e desconforto nos pés ao acordar.
Dificuldade em caminhar com todo o pé no chão. Algumas pessoas passam a caminhar nas pontas dos pés.

O diagnóstico da doença de Sever é feito com base nas queixas clínicas da criança e pelo exame físico feito pelo médico. O ortopedista pode pedir radiografias para confirmar o diagnóstico da doença.

Qual o tratamento indicado para a doença de Sever?

O tratamento inicial que o ortopedista especialista em pé indica serve para aliviar os sintomas. Dessa forma, os médicos indicam o uso de compressas de gelo no local, por 10 minutos e três vezes ao dia. Além disso, o repouso, não andar descalço e utilizar palmilhas que amortecem o impacto da pisada ajudam a diminuir a dor.

Contudo, caso os sintomas não melhorem, o ortopedista indicará o uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Mas, lembre-se: não compre remédios por conta própria! Siga sempre as orientações do médico.

Ainda assim, o ortopedista pode indicar sessões de fisioterapia. Elas ajudarão no fortalecimento e flexibilidade dos músculos das pernas e tornozelos, garantindo melhor sustentação do corpo.

Acompanhe nossas publicações e saiba mais sobre as lesões nos tornozelos e como preveni-las. Caso tenha ficado com dúvidas ou se identificado com algum destes sintomas, marque uma consulta com um ortopedista especialista em pés em São Paulo. Lembre-se: consultas periódicas com seu médico geram prevenção de doenças. Mantenha em dia seus exames.

Tags: