Esporão de Calcâneo: Entenda o que é

Esporão de Calcâneo Entenda o que é

Esporão de Calcâneo: Entenda o que é

Os pés são as estruturas que suportam todo o peso do nosso corpo. Dentro de sua composição, alguns ossos sofrem mais que outros como por exemplo o calcâneo, osso de maior tamanho nos pés, que sofre um impacto intenso e constante toda a vez que estamos de pé ou andando. Leia mais sobre o Esporão de Calcâneo:

 

O que é o Esporão de Calcâneo?

 

Pequenas lesões no osso podem levar à formação do esporão, que é caracterizado por uma protuberância óssea na base do calcâneo (na sola do pé) ou ainda na região posterior do calcâneo, bem próximo à inserção do tendão de Aquiles. 

 

Quais os sintomas?

 

A dor ocorre principalmente nos primeiros passos ao levantar-se da cama pela manhã, pois os pés permanecem em flexão plantar e relaxados durante toda à noite. Além disso, atividades esportivas de alto impacto ou ficar longos períodos em pé também causam incômodos. Entretanto, mesmo que o esporão esteja se desenvolvendo, existem casos em que o paciente relata não sentir dor.

 

E as causas?

 

O sobrepeso, o encurtamento do músculo da panturrilha, pisadas extremamente pronada ou supinada, sobrecarga nos pés devido a atividade física repetida e de alto impacto e o uso de calçados inadequados estão entre as principais predisposições para esse tipo de problema. 

 

Como é realizado o tratamento?

 

De início é realizado a avaliação física dos pés e da história do paciente. Os exames de imagem podem ajudar a excluir outras causas de dor nos casos de dúvida para confirmação do diagnóstico.

 

O tratamento conservador é prolongado e apresenta ótima chance de sucesso quando bem orientado e realizado, feito com analgésicos e anti-inflamatórios, controle da inflamação com repouso, gelo e mudanças de calçados e palmilhas. Além da reabilitação com sessões de fisioterapia, focando em exercícios voltados para a musculatura dos pés e panturrilhas e medidas analgésicas locais. 

 

A cirurgia é indicada apenas quando os outros tratamentos não produzem resposta satisfatória. 

 

Algumas medidas podem ser adotadas para prevenir o problema, como evitar sapatos duros e apertados, realizar exercícios de alongamento e fortalecimento e evitar o sobrepeso. No caso de dúvidas, agende uma consulta para uma orientação mais específica.